Mato Grosso investiga nove mortes suspeitas de gripe H1N1

Nove mortes estão sendo investigadas no Mato Grosso por suspeita de relação com a influenza H1N1. O estado registra uma morte por causa da enfermidade. De janeiro até essa quarta-feira foram notificados 84 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave que podem estar associadas ao vírus H1N1. Destes, 75 ainda estão sob investigação.

gd
Secretaria de saúde de Mato Grosso

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, 24 municípios do Mato Grosso têm registro neste ano da síndrome respiratória. Entre os que apresentam o maior número de ocorrências estão Cuiabá, com 27 casos, e Rondonópolis que contabiliza 23 pessoas que contraíram a síndrome.

Acredita-se que o H1N1 possa ser transmitido da mesma maneira da gripe comum. Os vírus da influenza se disseminam de pessoa para pessoa especialmente por meio de tosse ou espirros das pessoas infectadas.

Os sintomas incluem febre, tosse, garganta inflamada e dores no corpo. Ela pode causar também uma piora de doenças crônicas já existentes. Caso apresente algum destes sinais, a pessoa deve procurar uma unidade de saúde.

  • Assuntos: , Saúde, Gripe A, Vírus H1N1, Gripe H1N1, Mato Grosso, Mortes

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: