ONU vai montar centro de referência para atender venezuelanos na Universidade Federal de Roraima

Inaê Brandão

Espaço em Boa Vista oferecerá serviços para venezuelanos que chegam a Roraima. Em 2017, mais de 6,4 mil venezuelanos pediram refúgio na PF no estado.

Agência da ONU para Refugiados (Acnur) está montando em Roraima um Centro de Referência ao Refugiado e Migrante dentro da Universidade Federal de Roraima (UFRR), em Boa Vista.

O espaço funcionará em um prédio da instituição conhecido como ‘Malocão Cultural’. Nesta quarta-feira (27), o porta-voz da Acnur no Brasil, Luiz Fernando Godinho, informou que o prédio será reformado.

A medida da Acnur é uma resposta da Organização das Nações Unidas à grande migração de venezuelanos para o estado que começou em 2016 e aumentou neste ano com o agravamento da crise econômica e político no país que faz fronteira com o estado. Ainda não se sabe quando o centro começará a atender os venezuelanos.

Segundo dados da Polícia Federal em Roraima, mais de 6,4 mil pedidos de refúgio de venezuelanos foram registrados de janeiro a junho de 2017. O número representa um aumento de 188% em relação aos 2,2 mil pedidos realizados em todo o ano de 2016. Em 2015 foram feitas 230 solicitações.

Veja matéria completa no G1 RR

 

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.