AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Hemoap alerta para a doação de sangue devido ao carnaval

Com a aproximação do carnaval o Instituto de Hematologia e Hemoterapia do Amapá (Hemoap) reforça a importância da doação de sangue para a manutenção do estoque, uma vez que o período requer maior demanda do hemocentro.

Segundo o diretor do Hemoap, Domingos Sávio, o estoque de sangue do Instituto vem se mantendo em capacidade operacional, mas caso haja um evento em que grande quantidade de sangue seja requerida, o Estado pode ficar sem estoque para os atendimentos diários.

Historicamente o carnaval é um dos períodos em que o estoque do Hemoap é muito exigido, por isso a direção já iniciou os trabalhos intensivos para suprir a demanda. Uma das estratégias que vem dando bastante certo é a adoção do "trote solidário" nas universidades e faculdades do Amapá.

"É uma parceria que vem crescendo. Cada vez mais faculdades e universidades têm adotado o trote solidário e também nos chamado para ministrar palestras sobre a importância da doação de sangue", afirmou Domingos Sávio.

O sucesso da parceria com faculdades e universidades levou o diretor do Hemoap a buscar parcerias em outros setores. Ele já iniciou as conversas para firmar períodos de doação de sangue entre as empresas privadas, por meio da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amapá (Fecomercio), aumentando a contrapartida social das empresas privadas. Além desses projetos, o Hemoap mantém ações constantes em parceria com a Igreja Universal e com a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

De acordo com Domingos Sávio, aumentar as parcerias com outras entidades é vital para que o hemocentro deixe de depender tanto das doações provenientes do Corpo de Bombeiros Militar e da Polícia Militar do Amapá. Ele explica que quando se precisa de sangue se recorre a esses dois órgãos, mas cada bombeiro ou policial militar que doa sangue precisa ficar 24 horas afastado do serviço.

"Isso representa a solução de um problema e a criação outro, que é prejudicar a segurança pública. Cada bombeiro ou policial que doa sangue conta como um a menos nas ruas, ajudando a população. É preciso conscientizar a população civil da necessidade de tomar a iniciativa e doar sangue", comenta Domingos.

O diretor ressalta que os doadores fiéis são os responsáveis por manter o estoque do Hemoap. Além disso, o centro mantém campanhas para motivar constantemente esses doadores, como a campanha "Doa Mulher" e o serviço de cadastro, em que os doadores são avisados por telefone quando chega a hora de doar sangue novamente.

As doações no Hemoap acontecem apenas no período matutino, de segunda a sexta-feira. No entanto neste ano o Hemoap funcionará nos sábados que antecedem o carnaval, a fim de garantir o estoque para a época.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: