Expofeira do Amapá tem Exposição e comercialização de arte com sucata

exposucataNa 51ª Expofeira do Amapá é possível encontrar em meio a diversidade de negócios, produções agrícolas e entretenimentos, a criatividade e a arte do santanense Manuel de Barral, que expõe e comercializa peças produzidas com materiais reciclados. A arte pode ser encontrada no corredor do Shopping Popular, que agrega produção de artesanatos.

As peças expostas pelo artista pretendem questionar o modo de vida atual da sociedade e incentiva a reflexão e o gosto pela música. Os materiais usados são papel, lata de tintas, plásticos e até correntes de bicicletas que se transformam em guitarras, mesas, carros, robôs, entre outros.

Todos os materiais foram descartados ou deixados em sua oficina de motos e carros. Além da arte, a sustentabilidade também influencia Manuel. Ele conta que a inspiração para a criação do Robô, uma das peças que chama mais atenção, veio do artista Wanderley Andrade e do guitarrista Robertinho do Recife.

“É a primeira vez que exponho os produtos na Expofeira e me surpreendi com o resultado e aceitação do público. É um trabalho diferente e gratificante, mais ainda por notar uma mudança de hábito nas pessoas quando o assunto é material reciclável”, disse.

A exposição e a comercialização continuam até o encerramento do evento no próximo domingo, 8. As obras expostas do artista santanense estão à venda e os preços variam de R$ 30 e R$ 3 mil. Para conferir basta visitar a feira de exposições ou entrar em contato pelo número 96 99135-2551.

Ariane Lopes

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.