AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Brasilienses convivem com falta de vacinas nas redes pública e privada

Hoje a vacina contra a hepatite B está zerada em todo o Distrito Federal. Também estão em falta vacinas contra a hepatite A, antitetânica, DT Adulto (contra tétano e difteria), DTP (difteria, tétano e coqueluche), além de várias outras, inclusive a antirrábica.
A infectologista Ana Rosa Campos alerta para o perigo de não seguir à risca o calendário de imunização.
Já a gerente médica em uma clínica particular, Ana Rosa Santos, disse que tem aumentado o número de procuras por vacinas na rede privada. O problema, segundo ela, é que até nos laboratórios particulares algumas das doses não são encontradas.
Segundo a Secretaria de Saúde do Distrito Federal o repasse dessas vacinas é feito pelo Ministério da Saúde. No momento, a previsão para o reabastecimento se restringe às vacinas contra a hepatite B e DTP (tríplice) até o final de fevereiro.
Até o fechamento dessa edição, o Ministério da Saúde não respondeu ao nosso pedido de entrevista.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: