Calculadora informa tamanho do impacto que hábitos de consumo causam no planeta

Uma das vertentes da Hora do Planeta, a Pegada Ecológica revela quantos planetas precisamos para sustentar hábitos de consumo
O que nossos hábitos de consumo dizem sobre nós? Como eles impactam a sobrevivência do planeta? A adaptação às novas necessidades é uma mudança que o ser humano precisa colocar em prática para que o uso dos recursos disponíveis no planeta não se esgotem. Desta forma, a Hora do Planeta surge como uma ferramenta para ajudar a gerar consciência ambiental.

A proposta é mostrar a todos que o uso racional dos recursos é fundamental para o futuro. “A Hora do Planeta é um ato simbólico, quando todo mundo apaga as luzes por conta da nossa preocupação com o aquecimento global. Essa atividade anualmente é realizada pela WWF Brasil e várias pessoas participam. Em Manaus, esse ano, vai ser na Lagoa do Japiim, às 20h30 [dia 25 de março]. A Amazônia Cabo apoia essa ação porque é preciso lembrar que esse aquecimento global é fato e que podemos realizar ações que minimizem esses impactos, tanto como pessoa física como quanto empresa”, informou o analista de SGI na Amazônia Cabo, Felipe Alencar.

Segundo Alencar, além de participar da Hora do Planeta neste sábado (25), o grupo optou por aplicar o questionário disponibilizado pelo Pegada Ecológica. “Aplicamos esse formulário para saberem qual o tamanho do impacto que estão deixando no meio ambiente e para as próximas gerações. Basta responder questões como alimentação ou consumo de bens e no final ele vai saber quantos planetas precisa para manter os hábitos que tem”, explicou.

Para o analista é importante se questionar sobre como o estilo de vida pode ser prejudicial não apenas para si, mas para o planeta. “O nosso propósito enquanto empresa é reforçar nosso posicionamento quanto às questões ambientais e as mudanças climáticas. Trouxe esse questionário para nossos colaboradores para que vejam na prática o que estão consumindo e como podem melhorar”, justificou.

 

Leia mais no Portal Amazônia

Clique aqui e Inscreva-se agora!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: