Estação recebe Festival “O Som da Maré” a partir desta quarta (27)

Neste final de ano, a Estação das Docas apresenta mais uma atração cultural, trazendo para o público música regional, instrumental e muito samba nos dias 27, 28 e 29 de dezembro. É a quarta edição do Festival “O Som da Maré”, evento que reúne na Orla da Estação o melhor da música regional e nacional, sempre a partir das 19h.

Abertura – Com o tema “Palco Pará”, o primeiro dia de evento conta com o show de abertura da cantora paraense Luciane Lobato. Em seguida, o grupo Arraial do Pavulagem traz um repertório popular com carimbó, boi bumbá e outros ritmos paraenses.

O Ver-O-Peso dos Sons – Já no segundo dia de Festival, o tema será “O Ver-O-Peso dos Sons”, que terá como atração de abertura o Jabas Trio, tocando standard de jazz e música brasileira. E encerrando a noite, a Banda Strobo apresentará um repertório moderno com influências do funk carioca e da guitarrada paraense, entre outros estilos.

Estação Samba – Intitulado “Estação Samba”, o último dia de evento inicia com chorinho instrumental, apresentado pela banda formada pelos músicos Marcelo Ramos, Diego Xavier, Emanuel Soares, Kleber Benigno (Paturi), Bruno Miranda e Marcão, a mesma que fará base para a cantora Karen Tavares, que trará grandes sucessos do samba e ainda receberá Marisa Black como convidada especial.

O Festival O Som da Maré é uma realização da MM Produções com o patrocínio da Universidade da Amazônia (Unama) e o apoio da Pará 2000, que administra a Estação das Docas.

Programação:

27/12 – Palco Pará: 19h- Abertura com Luciane Lobato 20h30- Show Arraial do Pavulagem

28/12 – Ver o Peso dos Sons: 19h – JabasTrio 20h30 – Banda Strobo

29/12 – Estação Samba: 19h – Chorinho instrumental com banda formada pelos músicos Marcelo Ramos, Diego Xavier, Emanuel Soares, Kleber Benigno (Paturi), Bruno Miranda e Marcão/ 20h30 – Samba com Karen Tavares e Marisa Black como convidada especial.

Serviço: Festival “O Som da Maré” – Edição Especial de Fim de Ano. Dias 27, 28 e 29 de dezembro. Orla da Estação das Docas, das 19h às 21h30.

Por Beatriz Pastana

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.