Comidas ultraprocessadas estão ligadas ao surgimento de câncer

Os cientistas afirmam que os resultados servem como um alerta inicial e um conselho para que as pessoas apostem em dietas mais saudáveis

Antes de planejar sua próxima refeição, fique atento ao que vai ao seu prato. Segundo pesquisadores franceses da Universidade de Sorbonne, em Paris, apostar em alimentos ultraprocessados pode contribuir para o surgimento de câncer.

Durante o estudo, os cientistas avaliaram os hábitos alimentares de 105 mil cobaias e descobriram que aqueles que consumiam frequentemente pães e sanduíches processados, petiscos empacotados (biscoitos doces ou salgados até batata-frita congelada), refrigerantes e bebidas açucaradas, carnes processadas e congeladas (como nuggets, por exemplo), macarrão e sopas instantâneas, refeições congeladas processadas e alimentos compostos em grande parte por açúcar, óleo ou gordura tinham mais chances de desenvolver a doença.

Agora, temos uma perspectiva dos alimentos ultraprocessados. Segundo os pesquisadores franceses, se aumentarmos em 10% a quantidade de produtos ultraprocessados em nossa dieta, a chance de detectar um câncer cresce em 12%.

Ao longo dos cinco anos de estudo, cerca de 18% das pessoas estudadas apresentaram uma dieta ultraprocessadas. Além disso, em média cerca de 79 diagnósticos de câncer foram identificados a cada 10 mil pessoas a cada ano. Caso o consumo de alimentos ultraprocessados aumentasse em 10%, teríamos um acréscimo de outros nove diagnósticos de câncer por ano.

Veja mais no site Galileu

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.