AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Seminário discute questões habitacionais no Amapá

O evento promovido pela Associação dos Sem Moradia no Estado do Amapá, aborda alternativas para suprir a necessidade habitacional local

Andréa Maciel

O Seminário “Habitação para Família de Baixa Renda: Alternativas Sustentáveis” reúne a população amapaense que não possui casa própria, para discutir possíveis soluções para o déficit habitacional do estado. O evento conta com mesas redondas que abordam opções de casas sustentáveis, financiamentos e políticas públicas.

O diretor-superintendente do Sebrae no Amapá, João Carlos Alvarenga, aborda o tema de políticas públicas habitacionais e ressalta que a população precisa ter o direito a casa própria garantido.

“Hoje, o Amapá tem uma carência muito grande de habitação, mas o problema vai além, as condições de muitas moradias são de péssima qualidade. Nosso estado se orgulha de ser o mais preservado e em contrapartida permite que pessoas morem em áreas alagadas e em condições desumanas. Temos muitas terras no Amapá, mas elas não são nossas, então precisamos primeiro legaliza-las. Esse é um problema que tem que ser debatido pelos nossos representantes”, afirma o diretor-superintendente do Sebrae no Amapá, João Carlos Alvarenga.

De acordo com o presidente da Associação dos Sem Moradia no Estado do Amapá, Carlos José Gomes da Silva, o evento chama a atenção do poder público para a necessidade de distribuir lotes onde a população que não possui casa própria possa construir, além da necessidade de políticas públicas que facilitem o acesso a moradia.

O Seminário “Habitação para Família de Baixa Renda: Alternativas Sustentáveis”, aconteceu na última terça-feira (5), às 14h, no Salão de Eventos Macapá, na sede do Sebrae em Macapá.

Ascom João Alvarenga

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: