Baiuca

Mala, mapa, raio-x, macetes: 10 dicas que facilitam sua viagem

O dia mais barato para viajar, a boa de incluir um stopover no roteiro, como descolar senhas de wi-fi pago e outras valiosas dicas

Lilian Hamatsu

Para quem tira férias e retorna mais cansado do que estava antes do momento do embarque, eis algumas dicas para nunca mais sofrer de estresse com malas, gastos, filas, acesso à internet e mais:

1. Rolinhos vários

Antes de viajar, com toda a documentação necessária em mãos e às vésperas do embarque, é tempo de empacotar. Nessa hora, para otimizar a bagagem e facilitar a organização de seus pertences, dobre roupas, toalhas e outros tipos de peças maleáveis no formato de rolinhos. Eles são práticos e ocupam menos espaço dentro das malas.
2. Cuidado, frágil!

Com as malas prontas, aplique adesivos com os dizeres “cuidado, frágil!”. Esta medida pode eventualmente sensibilizar funcionários das IATAs da vida e, com sorte, sua mala não será tratada como um saco de batatas. Além disso, aumentam exponencialmente as chances de sua bagagem ser uma das primeiras a aparecer na esteira.

3. Mapa na mão

Antes de embarcar, certifique-se de ter baixado o mapa da cidade a ser visitada em seu smartphone. Com o Google Maps, existe a possibilidade de marcar os endereços a serem visitados e ter acesso à essa personalização no modo offline. Assim, mesmo sem aderir a um plano de internet ou sem um wi-fi, você terá um mapa interativo em pleno funcionamento.

4. Chega de suor

Já sofreu com as variações no clima ao viajar de uma região para outra? Uma certa resistência a altas temperaturas pode ser construída através do simples ato de se submeter ao calor pouco antes do embarque. Algumas horas diárias de sauna ou atividades físicas que elevem a temperatura corporal podem fazer com que o suor apareça em menor quantidade.

5. Passagens aéreas mais baratas

Na busca por passagens aéreas mais baratas, saiba que o melhor dia da semana para cacifá-las é quinta-feira. A informação é derivada de uma pesquisa do Skyscanner, referente ao mercado turístico brasileiro.

De acordo com a Forbes estadunidense, os preços costumam ser mais amigos do bolso com 62 dias de antecedência. Quem adquire os bilhetes apenas três dias antes da data de embarque paga caro. Sempre que possível, viaje nos horários noturnos, já que entre 18h e 00h costuma ser mais barato. Você pode pesquisar as passagens aéreas no Skyscanner.

Saiba mais no Viagem e Turismo

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.