img#wpstats{display:none}

Idealizador do Projeto Rondon é velado em Brasília

Ex-ministro Sérgio Pasquali morreu ontem, aos 93 anos

O principal idealizador do Projeto Rondon – iniciativa criada em 1968 para levar cidadania e educação para localidades isoladas -, o ex-ministro da Educação coronel Sérgio Mário Pasquali está sendo velado hoje (26), em Brasília, onde vai ser enterrado. O militar morreu ontem (25), aos 93 anos, em decorrência de falência múltipla dos órgãos.

Nascido em Guaporé, no Rio Grande do Sul, Sérgio Pasquali usou sua carreira como professor em cursos de formação na Escola de Comando do Estado Maior do Exército para formular o projeto que seria, mais tarde, a maior iniciativa de integração cultural feita pelas Forças Armadas brasileiras: o Projeto Rondon.

Indicado inicialmente para ocupar o cargo de secretário-geral da Educação durante a presidência do general João Batista Figueiredo, o coronel Sérgio Mário foi responsável pela ideia de usar a juventude universitária para levar conhecimento para áreas isoladas e de difícil acesso. Logo foi indicado para ministro da Educação, cargo que ocupou durante 4 anos.

Após entrar para a reserva, Sérgio Pasqualli continuou acompanhando a evolução do Projeto Rondon. O militar também realizava palestras em universidades sobre desenvolvimento sustentável e educação.

EBC

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: