Fornecedores da Embraer fazem demissões no interior paulista

Segundo Sindicato dos Metalúrgicos, pelo menos 300 foram demitidos

Fornecedores da Embraer fizeram ao menos 300 demissões em abril, segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos. De acordo com a entidade que representa os trabalhadores, seis empresas que têm a fabricante de aviões como principal cliente fizeram cortes entre 30% e 50% do quadro de funcionários, sendo que em um caso, a Status Usinagem chegou a encerrar as atividades, demitindo todos os funcionários.

No último dia 13, no entanto, a Justiça do Trabalho concedeu uma liminar impedindo a Status de dispensar os seus 75 empregados. Desde então, Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região vem buscando um acordo para solucionar a situação na empresa.

Veja também:

Prefeitura lança edital “Costurando Vidas” para aquisição de 100 mil máscaras caseiras

Máscaras N95 estão sendo compradas com preço superfaturado pelo governo do Amapá

Embraer
No último dia 10 de abril, a Embraer anunciou uma adoção de medidas para evitar demissões. O plano prevê a suspensão temporária de parte dos contratos de trabalho com ajuda compensatória e a redução de jornada e de salário, com garantia de emprego no retorno ao trabalho.

Em nota a empresa disse que “as ações emergenciais e temporárias são válidas a partir de 13 de abril e terão duração entre 60 e 90 dias, e garantia de emprego pelo período correspondente ao tempo em que estiver em redução de jornada e salário ou suspensão do contrato”.

Ainda segundo a Embraer, não haverá alterações na jornada ou salários para colaboradores em atividades essenciais e trabalho presencial.

Parceria
No último sábado (25), a Boeing divulgou que desistiu da parceria com a Embraer, anunciada em 2018. O acordo previa a formação de uma joint venture com 80% de participação da Boeing e 20% da Embraer. Segundo a empresa, a Embraer não cumpriu algumas obrigações contratuais previstas para terminar o negócio.

EBC

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: