Ouça "Notícias da Amazônia ao vivo!" no Spreaker.

Acompanhe ao vivo: Ministério da Saúde fala sobre covid-19

Brasil tem 291.579 casos confirmados e 18.859 mortes por covid-19

Neste momento, o diretor de Análise em Saúde e Vigilância em Doenças Não Transmissíveis do Ministério da Saúde, Eduardo Macário, participa de entrevista sobre o enfrentamento à pandemia de covid-19. Em 63% dos óbitos, a vítima apresentava pelo menos um dos fatores de risco como cardiopatia, diabetes e doenças renais.

A diretora substituta de Articulação Estratégica, Grace Madeline, explicou sobre os exames realizados pelos laboratórios para detecção da covid-19.

Acompanhe ao vivo

https://www.facebook.com/watch/live/?v=570981593811886&ref=external

Boletim do Ministério da Saúde, divulgado ontem (20), mostra que o Brasil tem 291.579 casos confirmados de covid-19; 40% dos pacientes estão recuperados. A doença provocou e 18.859 óbitos.

Veja também:

Fiocruz: 7,8 milhões de brasileiros não têm atendimento adequado

Receita inicia amanhã consulta ao primeiro lote do Imposto de Renda

Anvisa faz orientações sobre uso de plasma para combater covid-19

Telemedicina: conheça as possibilidades de atendimento a distância
A Resolução nº 2.227/18, do CFM, define a telemedicina como o exercício da medicina, mediado por tecnologias para fins de assistência, educação, pesquisa, prevenção de doenças, lesões e promoção da saúde. Também estabelece que ela pode ser síncrona (quando realizada em tempo real) ou assíncrona (atendimento off-line), indicando uma série de possibilidades de atendimento a distância, como a teleconsulta, o telediagnóstico, a telecirurgia, a teletriagem, a teleorientação, a teleconsultoria e o telemonitoramento.

Inauguração dos hospitais de campanha do Rio de Janeiro é adiada
Após manifestação do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ) sobre irregularidades nos contratos para a construção de hospitais de campanha para enfrentar a pandemia de covid-19 pelo governo do estado, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) divulgou hoje (21) um novo cronograma para a abertura das sete unidades que estão sendo construídas pelo Instituto de Atenção Básica e Atenção à Saúde (Iabas).

Segundo a SES, foram impostas datas limites para a entrega das unidades pela Organização Social Iabas, que vão de 27 de maio para o hospital de São Gonçalo até 18 de junho para o de Casimiro de Abreu. As unidades do Leblon e do Parque dos Atletas, construídas e geridas pela Rede D’Or, e a do Maracanã, também a cargo do Iabas, já estão em funcionamento. O outro hospital de campanha na capital, no Riocentro, é gerido pela prefeitura.

EBC

Ouça "Notícias da Amazônia ao vivo!" no Spreaker.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: