AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Conheça 8 dicas para pequenos negócios

Quase todos os grandes negócios começaram pequenos. É muito difícil um negócio começar grande, a não ser que ele esteja atrelado a grandes investimentos de empresas maiores ou investidores mais qualificados. 

Ainda assim, um novo negócio sempre começa com operações menores e vai crescendo à medida que mostra seus resultados. A maioria não chega a ser um grande negócio, pois alguns vão à falência em menos de 5 anos. 

Contudo, as chances são melhores para aqueles que seguem as dicas e passos essenciais para pequenos negócios. E mais do que isso, aplicam esses métodos em seu dia a dia.

Por isso, esteja atento às informações abaixo e considere adaptá-las e aplicá-las em um pequeno negócio para que ele tenha chances de crescimento e se torne um sucesso.

1 – Tenha educação financeira

Para os empreendedores de primeira viagem, a primeira coisa a se fazer é investir em educação financeira. Muitos pequenos empresários têm dificuldade de gerir suas finanças e isso é um problema para pequenos negócios, pois em casos mais difíceis, elas podem até mesmo se misturar com as finanças pessoais.

A educação financeira para empreendedores deve começar pelas finanças pessoais, passando pela organização de gastos e as melhores formas de aproveitar os recursos financeiros e opções de crédito disponíveis para empresários.

Todas essas opções de crédito disponíveis no mercado podem ser ótimas para ajudar no crescimento de uma empresa, mas nem sempre são um bom negócio. 

Por isso, ter educação financeira é essencial para que o empresário aprenda a tomar boas decisões, organizar as finanças da empresa e saber a hora certa de contratar um profissional qualificado para o cargo.

Verifique, então, a possibilidade de fazer um curso de finanças. Na internet você encontra opções gratuitas ou até mesmo segmentadas para o seu setor, facilitando ainda mais o entendimento sobre o assunto.

2 – Reveja a necessidade dos gastos 

Aproveite que o seu negócio é pequeno para fazer as reestruturações necessárias para diminuir os gastos. Com o seu negócio gastando menos e faturando mais, é possível ter mais dinheiro em caixa para futuros investimentos no crescimento da empresa. 

Os pequenos negócios vêm com a vantagem de não sofrerem perdas em meio a reestruturações. Por isso, este é o momento ideal para colocar a casa em ordem e desenvolver um modelo de negócios simples e lucrativo, que vai te permitir crescer rápido e replicar este modelo.

Por isso, opte por procurar maneiras de fazer a sua operação funcionar com gastos menores. Não deixe, no entanto, que isso comprometa a qualidade do seu serviço e procure pensar em soluções criativas para baixar o custo ao passo que melhora a qualidade do seu produto.

O caminho para pequenos negócios gastarem menos e oferecer serviços e produtos com ótima qualidade pode passar por soluções como a economia compartilhada e a digitalização das empresas. Então, esteja atento a esses dois assuntos.

3 – Aproveite seus recursos 

Os recursos disponíveis no seu negócio também podem ser aproveitados para gerar caixa ao seu negócio. Se a sua empresa opera em um local próprio, por exemplo, pode ser estudada a possibilidade de alugar o ambiente não utilizado e reverter este valor para o caixa.

Para conseguir ter melhor aproveitamento dos seus recursos, comece fazendo uma lista de quais são eles e como você pode utilizá-los da melhor forma. Tudo vai depender do seu tipo de negócio, recursos disponíveis e da sua criatividade para encontrar soluções diferentes. 

Considere aprender mais sobre economia compartilhada e o que ela pode fazer pelo seu negócio. Se você possui algum meio de transporte de carga, por exemplo, considere trazer mais de uma carga na mesma viagem, ajudando outros comerciantes locais e recebendo dinheiro suficiente para pelo menos cobrir os custos de deslocamento.

Muita coisa pode ser feita e o primeiro passo é ter consciência desses recursos e suas diversas utilizações. Aproveite também os recursos de outras pessoas para economizar mais dinheiro.

4 – Invista na qualidade do seu produto ou serviço 

Se você começar um negócio só preocupado em vender, mas não entrega um produto de qualidade, pode ser que a sua empresa não vá muito longe. 

Assim como nas reestruturações do modelo de negócio, a melhor hora para aperfeiçoar um produto é no início, quando poucas pessoas conhecem o seu negócio e erros são mais aceitáveis. 

Este período inicial também serve para encantamento dos primeiros clientes, o que pode ser essencial para que mais pessoas conheçam o seu negócio e ele consiga público suficiente para se manter de pé nos primeiros anos. Por isso, invista em criar o melhor produto ou perecer o melhor serviço. 

Não se esqueça também de estruturar outros setores importantes da empresa responsáveis por essa qualidade, como atendimento ao cliente e pós-venda. 

5 – Aposte na venda online e delivery

As pessoas estão cada vez mais consumindo pelo digital. Isso faz com que as lojas virtuais, redes sociais e apps de delivery lucrem muito com este novo modelo de consumo. 

Você precisa pensar nessa forma de consumo como mais uma facilidade a ser oferecida para o seu cliente, mas deve reconhecer que isso não é mais inovação e sim quase uma obrigação de novos negócios.

Por isso, crie um ambiente interessante na internet para promover o seu negócio e fazer vendas online. Esteja nos apps de delivery ou crie uma loja virtual para vender seus produtos. Felizmente, hoje existem muitos servidores de hospedagem e apps de delivery disponíveis para te ajudar nessa tarefa. 
Além de trazer muitos benefícios, à venda online ainda é muito simples e barata de ser implementada. Os recursos como hospedagem e domínio para criação de uma loja são baixos e você se beneficia muito com este modelo de operação.

6 – Crie conteúdo online e marketing 

Com o mesmo investimento em hospedagem para criar sua loja virtual, você pode aproveitar para criar conteúdo e divulgar os seus produtos com este tipo de marketing. Com isso, pode ser interessante a criação de um blog com dicas do seu segmento e distribuição de informações que serão úteis para seus clientes.

O marketing e o conteúdo vão te ajudar a se aproximar dos clientes e conseguir um alcance maior online. Ainda há a possibilidade de promoção de postagens e criação de anúncios para que mais pessoas possam ter acesso ao seu conteúdo, conhecendo o seu negócio e se tornando clientes. 

7 – Comporte-se como grande desde o começo 

Não é porque o seu negócio é pequeno que você deve ter o comportamento e postura medíocres. Muitos pequenos empresários deixam de cumprir prazos, honrar compromissos ou se preocupar com a aparência de suas empresas somente por conta do seu pequeno porte. E isso não pode ser aceitável.

Desde o começo é necessário que a empresa tenha uma postura íntegra para que a sua reputação seja construída e estabelecida. Isso é extremamente importante para o futuro dos pequenos negócios, pois isso ajuda a conquistar a confiança dos clientes. 

8 – Foco na venda!

E por fim, mas não menos importante, foco na venda! Vender é o que vai oxigenar o seu negócio e permitir que ele se expanda e seja um sucesso, chegando aos níveis que você deseja chegar. Por isso, estruture o seu setor de vendas e crie uma operação de sucesso para melhorar os resultados do seu negócio.

Organize então uma boa equipe de vendas, crie um script, veja quais são as necessidades e anseios de seus clientes e use todas as informações que puder ao seu favor para ajudar mais pessoas a tomarem a decisão de comprar o seu produto. Pequenos negócios devem se preocupar em vender muito e ter um time de vendas sólido.

Gostou das nossas dicas para pequenos negócios? O que mais você acrescentaria nessa lista? Deixe o seu comentário abaixo e compartilhe este post com os empreendedores que você conhece!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: