Cartão de crédito corporativo: como e por que usar

Separar as despesas pessoais e empresariais pode ser um desafio para quem está começando um negócio. Uma ferramenta prática para a solução desse problema é o uso de um cartão de crédito corporativo.

Também conhecido como cartão de crédito PJ, esse método de pagamento foi criado para que as empresas possam pagar suas contas de forma mais prática e organizar as despesas em uma ou poucas faturas.

Isso facilita o controle de gastos e mantém as despesas pessoais de sócios e gestores completamente separadas das despesas corporativas.

Nesse artigo, vamos explicar como funciona o cartão de crédito corporativo e porque a sua empresa deveria usá-lo.

O que é cartão de crédito corporativo?

Como foi dito acima, esse é um tipo de cartão destinado ao pagamento de compras e despesas de uma pessoa jurídica. Por isso, ao contratar um cartão de crédito corporativo é necessário um CNPJ ao qual ele será atrelado.

Na prática, o funcionamento é o mesmo de um cartão de crédito de pessoa física. É possível parcelar compras e fechar pedidos mais rapidamente através de maquininhas ou lojas online. E, ele ainda conta com um limite que pode ser negociado com o banco emissor.

Normalmente esses cartões exigem o pagamento de uma anuidade, no entanto, hoje já existem contas bancárias que oferecem o recurso de forma gratuita e sem a cobrança de taxas, como é o caso do Banco  Digital PJ Cora.

 Como funciona o cartão de crédito corporativo?

Ao fazer um cartão de crédito corporativo para a sua empresa, é importante se atentar a forma de usá-lo. Isso para garantir que as contas fiquem organizadas e apenas as despesas empresariais sejam pagas por ele.

É possível ter mais de um cartão e, isso varia de acordo com o tamanho da empresa e a demanda.  Para isso é necessário solicitar a emissão com o banco.

Com esse cartão, todas as contas pagas com essa opção serão contabilizadas na fatura com data de vencimento.

Por isso, existem alguns pontos de atenção na hora de utilizá-lo:

Não atrase o pagamento da fatura

No caso de atraso no pagamento da fatura do cartão serão cobrados multa e juros pelos dias em atraso.

Por isso, na hora de fazer o planejamento financeiro da sua empresa, considere o valor da fatura. Assim você garante que terá dinheiro em caixa para pagá-la na data correta.

Evite pagar o valor mínimo

O cartão de crédito empresarial permite que seja pago um valor mínimo da fatura ou invés de quitá-la por completo. 

Embora pareça uma vantagem, essa prática pode ser muito arriscada. Isso porque o restante da fatura irá incidir os juros rotativos, deixando a conta mais cara.

Limite o uso do cartão contas da empresa

Independente de quais pessoas terão acesso ao cartão corporativo da sua empresa é fundamental que apenas as contas relativas ao negócio sejam pagas com ele. Compras pessoais devem ser quitadas com os cartões pessoais, e isso vale tanto para funcionários, quanto para os sócios.

Para melhor gestão financeira, pode ser interessante também impor um limite de gastos diários ou mensais. Assim é possível garantir que as despesas não atrapalhem o fluxo de caixa da empresa.

Sempre peça Nota Fiscal ou comprovante de pagamento no CNPJ da empresa

É importante orientar quem usa o cartão corporativo para sempre pedir Nota Fiscal ou comprovante no CNPJ da empresa. Isso vai facilitar a prestação de contas e manter o controle financeiro da empresa organizado.

Por que usar o cartão corporativo na sua empresa?

Acima mostramos os cuidados que se deve ter ao contratar um cartão corporativo. Mas, também existem muitas vantagens em fazer essa opção, veja algumas delas abaixo:

Facilitar a administração de despesas externas

Em empresas em que é necessário que os funcionários façam viagens ou eventos externos é muito comum a prática de reembolsos. Ou seja, os colaboradores pagam todas as despesas, como hotéis, restaurantes e transporte, em seus cartões pessoais e depois fazem um pedido de reembolso para empresa.

O problema é que quando isso é muito frequente, a área financeira acaba perdendo muito tempo organizando essas despesas e fazendo os reembolsos.

Com um cartão de crédito corporativo, todas essas contas cairiam na mesma fatura, dispensando a necessidade dos reembolsos e facilitando a conciliação financeira da empresa ao fim do mês.

Separar as contas dos sócios das contas da companhia

Em negócios que estão começando é comum que os sócios paguem muitas contas e façam compras administrativas com seus próprios cartões. No entanto, isso acaba gerando desorganização e é um risco contábil. 

Assim, as empresas que têm um cartão de crédito corporativo para os sócios evitam essa mistura de gastos e mantém as finanças sempre organizadas.

Dá mais visibilidade às despesas

Quando as despesas ficam centralizadas nas faturas é mais fácil fazer a categorização e acompanhamento dessas contas. 

Isso permite uma análise mais clara dos gastos da empresa e revela onde pode haver redução, por exemplo. 

Além disso, há um melhor controle de despesas de diferentes departamentos. Isso evita que o cartão seja utilizado de forma equivocada, para pagamento de despesas pessoais, por exemplo.

Possibilita a contratação de serviços por assinatura e compras parceladas

O cartão de crédito também pode ser usado para pagar serviços e produtos online, seja em pagamentos à vista, parcelados ou em formato de assinatura. 

Isso pode ajudar na previsibilidade do fluxo de caixa da empresa, já que o valor só será pago no vencimento da fatura.

Independente do tamanho da empresa, o cartão de crédito corporativo pode aumentar a produtividade da área financeira ao fazer uma gestão mais simples e rápida dos gastos. Além de facilitar o dia a dia de diversas áreas, como a comercial, compras ou marketing.

Para garantir que essa ferramenta seja uma boa opção para o seu negócio, basta fazer um bom uso, orientando toda a equipe a sobre algumas regras e boas práticas. 

Assim é possível evitar a confusão de despesas, acompanhar os gastos com cartão de perto e manter o pagamento da fatura sempre em dia.

Este conteúdo foi produzido pelo time da nossa parceira Cora, uma Conta Digital PJ criada por empreendedores e para empreendedores, projetada para libertar quem empreende de burocracias e taxas abusivas e descomplicar a gestão financeira do pequeno negócio. 

A conta Cora oferece um leque de soluções, que vão desde a emissão de boletos e transferências PIX gratuitas até uma ferramenta completa de gestão de cobranças.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: