Em Tocantins tampinha de plástico e lacre de alumínio ajudam hospital

Solidariedade que faz bem à saúde e ao meio ambiente. Tampinhas de plástico e lacres de alumínio, que normalmente iam para o lixo, estão ajudando Tocantins a construir uma unidade do Hospital de Amor, para tratamento oncológico.

A campanha, existe desde 2014 e é nacional porque a rede administra outros hospitais, o mais famoso deles é o antigo Hospital do Câncer em Barretos, que mudou para Hospital de Amor, em 2017.

Leonel de Souza, Coordenador de Captação de Recursos da unidade tocantinense, explica que os itens arrecadados são vendidos para a reciclagem e o dinheiro vai para a conta do hospital para ajudar na compra de materiais: “Nós ficamos um ano juntando essas tampinhas, conseguimos juntar mais de uma tonelada de lacres e quase duas toneladas de tampinhas e nós vendemos essas tampinhas para comerciantes locais que fazem reciclagem. Aqui em Palmas nós estamos colocando na conta hospital, que ajuda na construção da unidade do Hospital de Amor de Palmas”.

Foi pensando nos futuros pacientes do Hospital, que o servidor público Danilton Monteiro, que mora em Palmas, mobilizou todo o setor em que trabalha para juntar tampinhas e lacres e fazer a doação: “Se é para uma boa causa, a gente está doando para pessoas que precisam, eu acho uma das melhores coisas que temos nesse país: o Hospital do Amor. Então como a gente não podia doar dinheiro, a gente fez essa iniciativa, eu pedi para meus colegas que quando fossem a bares pesgassem esses lacres de refrigerantes e me trouxessem.”

O hospital demorava cerca de um ano para levar as tampinhas e lacres para a reciclagem, mas com a divulgação do projeto as vendas têm sido cada vez mais frequentes, chegando a três vezes por ano.

A inauguração do Hospital de Amor do Tocantins está sendo feita por etapas. Em 2021, a primeira parte foi entregue e agora a unidade depende de recursos públicos e doações para concluir as obras dos outros blocos.

A rede recebe ajuda de diversas outras maneiras e para mais detalhes de como contribuir, basta acessar: hospitaldeamor.com.br.

Edição: Sheily Noleto / Beatriz Arcoverde

EBC

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: