Senado vai homenagear Chico Xavier com sessão especial

Depois de três adiamentos, o Senado realizará, na próxima sexta-feira (11), uma sessão especial destinada a homenagear a memória do médium espírita Chico Xavier. O requerimento de sessão especial, apresentado pelo senador Eduardo Girão (Podemos-CE), foi aprovado em 4 de março de 2020 para realização no dia 2 de abril do mesmo ano. Em virtude da suspensão das atividades presenciais no Senado por causa das medidas de prevenção à propagação de Covid-19, o evento foi adiado três vezes.

O senador justificou a homenagem pela importância de Chico Xavier, falecido aos 92 anos de idade. Durante sua vida, vendeu mais de 50 milhões de livros, revertendo os direitos autorais para obras de assistência social, disse Girão. Ele acrescentou que o Brasil é o país com o maior contingente de participantes ativos da doutrina espírita.

Leia também: 412 livros da obra de Chico Xavier para baixar gratuitamente

Também foram de autoria de Eduardo Girão as iniciativas de instituição da Comenda Chico Xavier (PRS 44/2020), destinada a homenagear pessoas ou entidades que se destacaram em ações sociais de caridade ou filantropia, e a inscrição do nome de Chico Xavier no Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria, sancionada em 8 de setembro de 2021 (Lei 14.201). As informações são da Agência Senado.

Francisco Cândido Xavier nasceu em Pedro Leopoldo (MG) em 2 de abril de 1910, e morreu em Uberaba (MG), em 2002. Afirmava que havia começado a psicografar obras aos 17 anos. Ao todo, publicou mais de 450 livros.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: