Educa

Combate à malária: equipes de saúde do município fazem controle da doença no Km 9

Desde a última terça-feira, 24, os agentes de endemias da Prefeitura de Macapá estão fazendo controle e combate à malária em comunidades do Km 9, Vila do Remédio e na área do trilho do trem, locais onde será realizada a busca ativa do mosquito Anopheles, transmissor da doença, assim como o exame de detecção da malária, borrifação intradomiciliar e educação em saúde. A ação acontece até o dia 10 de março.

A malária é uma infecção parasitária transmitida de pessoa para pessoa através da picada da fêmea do mosquito Anopheles infectado, que geralmente age entre o anoitecer e o amanhecer. “Algumas ações, como o uso de repelentes, mosquiteiro, calças e camisas de manga longa, podem reduzir o risco de infecção”, diz o diretor da Vigilância Ambiental, Josean Silva.

Os sintomas da malária começam a se desenvolver geralmente sete dias após o início da infecção e se assemelham aos sintomas da gripe, como dores de cabeça, dores musculares, tosse, suores e cansaço, além de arrepios. “É muito importante que o paciente que apresenta os sintomas procure uma Unidade Básica de Saúde para realizar o exame e o tratamento adequado”, ressalta Josean. Se a doença progredir sem que seja administrado o tratamento correto, pode-se levar a comprometimento cerebral, convulsões e à perda de consciência.

Jamile Moreira/Asscom Semsa

Contato: 99135-6508 / 98802-8647

Fotos: Arquivo Semsa

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.