AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Prefeitura e CEA buscam estabelecer normas para serviços de poda e retirada de árvores

Técnicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam) e da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) estiveram reunidos com o intuito de estabelecer critérios no procedimento da poda e retirada de árvores em Macapá. A reunião foi uma solicitação da Semam, que, após realizar uma vistoria em árvores plantadas na região central da cidade, verificou que algumas delas apresentam podas irregulares, ocasionando problemas estéticos, como desvio do centro gravitacional.

De acordo com o titular da Semam, Herialdo Monteiro, outro problema são os resíduos das podas deixados em via pública ou canteiros centrais, que permanecem no local por vários dias, especialmente quando o serviço é feito nos fins de semana. Além disso, constatou-se que a falta de parâmetros para a realização de poda e supressão causa problemas de sustentação dos exemplares, serviço geralmente feito pela CEA, para liberação da passagem da fiação elétrica ou manutenção. O diretor de Operação da Companhia, Ubiracy do Amaral, explicou que está em andamento um processo de licitação para a contratação de uma empresa especializada e credenciada de acordo com as normas ambientais para a realização desse serviço.

No encontro ficou acordada a realização de outra reunião, envolvendo também a Secretaria Municipal de Manutenção Urbanística (Semur), Corpo de Bombeiros Militar do Amapá e a empresa Hummus, que gerencia o aterro sanitário de Macapá, para ser criado um protocolo de institucionalização no processo de poda e supressão de árvores no município. Ficou definido ainda que, enquanto o processo de contratação da empresa especializada no serviço não for concluído, a CEA irá manter a Semam informada sobre os serviços de poda na cidade, para que a mesma faça o acompanhamento por amostragem.

Rodiney Santos/Asscom Semam

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: