AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Governo discute com empresas indenização para vítimas da inundação em Ferreira Gomes

No início da noite da segunda-feira, 11, o Governo do Estado do Amapá (GEA) voltou a se reunir com os representantes das hidrelétricas que atuam na região de Ferreira Gomes. Após a suspenção das obras da EDP – responsável pela construção da usina Cachoeira Caldeirão – a empresa se comprometeu em antecipar parte do valor indenizatório às vítimas da inundação, que atingiu o município no último dia 7.

As empresas Ferreira Gomes Energia, Coaracy Nunes e EDP (Cachoeira Caldeirão) foram notificadas a comparecer na reunião com a Secretaria de Estado de Relações Institucionais (Serin), Prefeitura de Ferreira Gomes, vereadores e representantes da sociedade para discutir questões relacionadas à indenização.

Durante o encontro, a empresa EDP, que teve suas obras embargadas pelo Estado por um prazo de 10 dias, apresentou a proposta de pagar um valor único por família, seguindo o cadastro feito pela Defesa Civil estadual que, até o momento, contabiliza 280 famílias. Ficou definido que será feita uma revisão cadastral das famílias, incluindo as ribeirinhas, para identificar as pessoas que realmente foram atingidas.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: