Bancário propõe construção de escolas no espaço de cemitérios

A ideia inusitada é do bancário Francisco Alves. Com toda certeza vai contrariar quem ama a lembrança material dos seus mortos e tem nos cemitérios um lugar de reencontro com a memória dos que se foram desta para a melhor. Mas você que está a ver este video, concorda ou discorda? Fala o porque nos comentários!

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: