Educa

Sebrae reúne empresários para validação do Projeto Varejo Alimentar de Macapá e Santana

Andréa Maciel – Após encontros preliminares para criação e adequação do Projeto Varejo Alimentar de Macapá e Santana com empresários de minimercados, miniboxes e parceiros, a equipe técnica do Sebrae reúne novamente para validação. Durante o encontro, a coordenadora dos projetos de varejo alimentar do Sebrae Nacional, Fabiane Melo realiza a Palestra Mercadinho de Norte a Sul.

Andréa Maciel-Varejo Alimentar Resultados (13)
Num bate-papo, os envolvidos checam se tudo que necessitam está previsto no projeto, após confirmação, se norteia a prática das ações a serem desenvolvidas.

A gestora do Projeto Varejo Alimentar de Macapá e Santana do Sebrae, Jenane Moraes, afirma que o foco são as capacitações tanto dos empresários, quanto dos colaboradores, assim como possibilitar que os empreendimentos sejam inseridos na Rede Ama ou na Rede Unidos, para ter acesso a valores mais atrativos, diminuir gastos e consequentemente, alcançar o objetivo proposto pelo projeto que é aumentar o faturamento e melhorar a gestão.

O empresário, Jailson Guimarães, possui muitas expectativas. Para ele, o projeto do Sebrae surge como uma grande oportunidade de crescimento e desenvolvimento do empreendimento que possui.

“Estamos vivenciando uma situação difícil em nossa economia e não podemos ficar parados, temos que mostrar o que o empresário pode fazer, apresentar soluções e alternativas. Por isso, trabalhar em parceria e buscar capacitação é importante. Compras conjuntas é a solução”, explica o diretor- superintendente do Sebrae, João Carlos Alvarenga.

A diretora técnica do Sebrae, Isana Alencar, enfatiza a importância de que os empresários se reinventem, se adequem a realidade, invistam nos produtos certos e saibam como agir, quais medidas tomar frente aos desafios.

A Rede Ama é um importante parceiro nesta empreitada e no decorrer da programação recebeu o registro da marca das mãos do diretor-superintendente do Sebrae, João Carlos Alvarenga e da diretora-técnica do Sebrae, Isana Alencar.

A Prefeitura Municipal de Macapá também é parceira no projeto e assessor especial, Aurineis Siqueira, afirma que manter um relacionamento muito próximo com o pequeno e médio empreendedor é um dos focos da atual gestão.  “Queremos auxiliar os empresários a saírem da informalidade e principalmente capacitá-los, para assim melhorar o empreendimento e aquecer a economia”, explica o assessor especial da Prefeitura de Macapá, Aurineis Siqueira.

 

Mercadinho de Norte a Sul

Num segundo momento, acontece a Palestra Mercadinho de Norte a Sul, ministrada pela a coordenadora dos projetos de varejo alimentar do Sebrae Nacional, Fabiane Melo. Ela explica que a palestra surge como forma de mostrar o que os empresários costumam fazer errado e em seguida fazê-los perceber tudo que pode ser melhorado.

“A ideia é fazer com que os empresários se sensibilizem e aproveitem essa oportunidade que o Sebrae está dando”, finaliza a coordenadora dos projetos de varejo alimentar do Sebrae Nacional, Fabiane Melo.

São parceiros do Projeto Varejo Alimentar de Macapá e Santana – Associação dos  Distribuidores  e Atacadistas do Amapá (Adaap), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Associação Amapaense de Supermercados (Amaps), Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amapá (Fecomércio), Rede Ama, Rede Unidos, Prefeitura Municipal de Macapá, Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e Vigilância Sanitária.

O evento ocorreu na última terça-feira, 29 de março, às 15h, na Sede do Sebrae em Macapá, no Auditório Santana.

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: