Educa

Casos de microcefalia no Amapá não estão ligados à Zika

Casos de microcefalia confirmados no Amapá não estão relacionados ao vírus Zika. A afirmação é da Coordenadoria de Vigilância em Saúde (CVS), diante do boletim divulgado pelo Ministério da Saúde (MS), na última quarta-feira, 6, listando cinco casos da doença no Estado.

Dos cinco casos apontados pelo MS no Amapá, dois foram confirmados como microcefalia e um foi descartado. Os dois confirmados estão relacionados a patologias como a toxoplasmose e citomegalovírus.

Já os outros dois notificados estão sendo acompanhados pelo Centro de Reabilitação do Amapá (Creap), mas ainda sem diagnóstico causal, feito pelo Instituto Evandro Chagas.

Os casos citados pelo Ministério da Saúde são de crianças nascidas em 2015, anterior a confirmação de casos de Zika no Amapá.

Fonte: amapa.gov.br

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: