Adolescentes em conflitos com a lei vão prestar medidas socioeducativas no Parque Zoobotânico

Em reunião ocorrida no Tribunal de Justiça, grupo de trabalho formado por técnicos da Coordenadoria Estadual da Infância e Juventude do TJAP (CEIJ), Juizado da Infância e Juventude – Área de Políticas Públicas, Secretaria Municipal de Assistência Social e Trabalho, Fundação da Cultura Municipal e Parque Zoobotânico, consolidaram a minuta final para a criação do programa “Cidadão Legal”.

No sábado (16), autoridades do Judiciário amapaense, da segurança pública estadual e do município participarão da apresentação da prática que vai beneficiar adolescentes em conflito com a lei, em cumprimento de medidas socioeducativas em regime aberto e semiaberto.

O evento vai acontecer, a partir das nove horas, no Parque Zoobotânico da Fazendinha. As atividades do novo programa serão executadas no Parque Zoobotânico, possibilitando aos socioeducandos atividades profissionais futuras, através da participação em oficinas de escultura em madeira, com a utilização de resíduos que compõe a natureza do parque; Guarda Mirim e, ainda, uso e manuseio de GPS.

Bernadeth Farias

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.