Escolas de Atalaia do Norte participam de mobilização de combate a malária

Programa Saúde na Escola, por meio da Secretaria de Saúde de Atalaia do Norte, intensifica ações de combate ao Aedes aegypti e ao mosquito transmissor da malária. 
A coordenadora do programa, Jucelia Graça, destacou a programação que será realizada essa semana na cidade.

atn
Ação em Atalaia Nailson Tenazor/ColaboradorEBC/CC

Ela explica que até o dia 28 de maio, equipes da Saúde da Família vão visitar as escolas para divulgar formas de combate ao mosquito que transmite a malária e ao aedes aegypti.

Foi realizado no decorrer desse mês, um concurso onde os docentes expressaram por meio de redações, poesias e desenhos, ações de combate ao mosquito transmissor da malária. A coordenadora informou que a iniciativa contou com o envolvimento de alunos e professores.

A malária pode ser prevenida de duas formas, a primeira é eliminando o mosquito, destruindo os locais onde se reproduzem, ou aplicando inseticidas adequados e adotados pelos programas de combate ao mosquito. A segunda forma é medicar a pessoa infectada de maneira correta. Pois, segundo estudos, a malária é uma infecção parasitária transmitida de pessoa para pessoa pela picada da fêmea do mosquito infectado. Esses mosquitos, geralmente, picam entre o anoitecer e o amanhecer.

Com informações do portal Médicos sem Fronteiras e a colaboração de Marcello Bhacana.

EBC

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: