Sebrae inicia a 8ª Semana do MEI no Amapá

Graziela Miranda – Iniciou nesta segunda-feira (2) a 8ª Semana do Microempreendedor Individual (MEI) do Sebrae no Amapá. A ação acontece até sexta-feira (6), na sede da instituição em Macapá. A proposta da ação é atender e oferecer capacitação aos microempreendedores, que terão a oportunidade de se regularizarem.

Durante a abertura oficial do evento, o presidente do Conselho Deliberativo Estadual, Mateus Silva, falou sobre a evolução das outras Semanas e destacou a importância deste momento para os empreendedores. “Nesta condição em que o Brasil se encontra é imprescindível que o empreendedor saiba a importância deles se capacitarem e se regularizarem. Então, eu só tenho a desejar que todos os objetivos e metas sejam alcançados”, disse o presidente do Conselho Deliberativo Estadual, Mateus Silva.

O diretor superintendente do Sebrae no Amapá, João Carlos Alvarenga, se pronunciou sobre a satisfação de mobilizar a instituição para atender e capacitar aos empreendedores. “Nós temos que mostrar ao MEI que está iniciando, que ele pode se desenvolver e crescer e ter resultados. Então desejo que essa seja uma excelente semana”, afirma o diretor superintendente do Sebrae no Amapá, João Carlos Alvarenga.

De acordo com o diretor de administração e finanças do Sebrae no Amapá, Waldeir Ribeiro, a semana será de grandes oportunidades aos empreendedores. “Chegamos a mais uma edição da Semana do Microempreendedor Individual, uma semana repleta de oportunidades, tanto nos atendimentos, quanto nas capacitações. Isso tudo se deve às parcerias. Nada disso estaria acontecendo se não tivéssemos essa união. Então, eu gostaria muito de agradecer a cada um e desejar a todos uma boa semana”, declara o diretor de administração e finanças do Sebrae no Amapá, Waldeir Ribeiro.

A diretora técnica do Sebrae no Amapá, Isana Alencar, relata a importância da Semana para a obtenção de conhecimentos para formalização e legalização e agradece aos parceiros que estão colaborando com a ação. “Esta é uma semana muito importante aos MEIs. Por isso, eu desejo que todos aproveitem as programações”, finaliza a diretora técnica do Sebrae no Amapá, Isana Alencar.

Nos atendimentos, os MEIs poderão fazer Registro, Alteração, Baixa, Transmissão da Declaração Anual de Imposto de Renda e emissão do Documento de Arrecadação do Simples (DAS). Para essas operações, estão presentes na ação instituições que juntas chegam a 29 órgãos disponíveis ao MEI.

Nas capacitações, a 8ª Semana do MEI oferece as Oficinas SEI (SEI Empreender, SEI Comprar, SEI Vender, SEI Planejar, SEI Crescer, SEI Unir Forças para Melhorar, SEI Controlar Meu Dinheiro e SEI Administrar) e palestras de orientações sobre técnicas para educação fiscal, formalização, alteração e baixa empresarial entre outros temas.

8ª Semana do MEI

Com o tema ‘Formalizado e legal você tem todos os direitos’-, a 8ª Semana do MEI tem a finalidade de oferecer aos microempreendedores individuais soluções educacionais e de atendimento empresarial, que favorecem a sustentabilidade dos pequenos negócios existentes e abertura consciente de novos empreendimentos com uma programação diversificada nas três cidades de realização no Amapá: Macapá, Laranjal do Jari e Oiapoque.

Para ser um microempreendedor individual é necessário faturar até R$ 60 mil, por ano ou R$ 5 mil por mês; não ter participação em outra empresa como sócio ou titular e ter no máximo um empregado contratado que receba o salário-mínimo ou o piso da categoria. São mais de 520 atividades contempladas, incluindo costureiros, cabeleireiros, ambulantes, vendedores e pedreiros.

Uma novidade introduzida com a Lei Complementar 154/2016 é que, quando não for preciso um local próprio para o exercício da atividade, o empresário pode usar sua própria residência como sede do negócio.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.