AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

MPF denuncia 12 pessoas por milícia contra indígenas

Grupo também vai responder por constrangimento ilegal, incêndio, sequestro e disparo de arma de fogo

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou nesta sexta-feira(17), 12 pessoas acusadas de envolvimento em crimes contra os povos indígenas no Mato Grosso do Sul, na região de fronteira do Brasil com o Paraguai.

De acordo com o MPF, fazendeiros contrataram jagunços para violentar e ameaçar indígenas dos povos Guarani Kaiowá e Ñandeva. As denúncias são resultado de oito meses de investigações dos procuradores.

Essa semana os conflitos no município de Caarapó aumentaram e um indígena foi assassinado. A morte de Clodiou de Aguile Rodrigues dos Santos, morto a tiros na comunidade indígena Guarani na última terça-feira(14) será investigada, mas não faz parte das duas denúncias feitas a Justiça Federal nesta sexta-feira.

A Força Nacional está atuando no local dos conflitos. De acordo com o Ministério da Justiça, a tropa chegou ao município na noite de quarta-feira(15). Na quinta-feira, os profissionais fizeram o reconhecimento da área, com o objetivo de planejar a execução das ações.

EBC

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: