Chuvas ajudam e Tocantins bate recorde nas exportações para abril

Educa

Produtividades das lavouras melhorou com período chuvoso regular. Estado se recupera de uma queda de 30% em 2016.

As exportações do Tocantins bateram o recorde histórico para abril em 2017. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Indústria e Comércio junto com a balança comercial brasileira. No mês, o estado exportou pouco mais de US$ 163 milhões, o equivalente a mais de R$ 517 milhões. O resultado é o melhor da série histórica que começou no ano 2000.
No ano, o valor total das exportações já superou US$ 280 milhões (quase R$ 890 milhões). Um aumento de 29% em relação ao mesmo período de 2016. Em todo o ano passado foram vendidos US$ 632 milhões em produtos tocantinenses.

O Tocantins exporta principalmente produtos agrícolas. A soja, a carne e o milho lideram as vendas e são comprados principalmente por países na Ásia e na União Europeia. O maior cliente é a China, que comprou sozinha 65% de tudo o que as empresas tocantinenses venderam para o exterior em 2017.

Por vender produtos que dependem de um bom ciclo de chuvas, os resultados do estado estão fortemente ligados as condições climáticas. Em 2016, com a estiagem que atingiu várias cidades, o Tocantins amargou uma queda de quase 30% com relação ao ano anterior. Já com as chuvas mais regulares em 2017 e com o dólar mais estável, começam a aparecer os primeiros sinais de recuperação.

O agronegócio também puxou as contratações e compensou a perda de postos de trabalho em outros setores da economia. A recuperação ainda é tímida, no primeiro trimestre do ano foram recuperadas pouco mais de 200 vagas. Apesar disso, o estado ainda acumula uma perda de mais de 4 mil empregos no ano passado.

Mídia News

Amazônia Brasil Rádio Web ao vivo!

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.