AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Sobrevivente de acidente aéreo em Roraima apresenta melhora

Lazlo Macedo de Carvalho está sem sedação pela manhã e respira sem auxílio de medicamentos

MATHEUS MÜLLER

O analista ambiental Lazlo Macedo de Carvalho, de 44 anos, único sobrevivente da queda de um avião fretado pelo Exército Brasileiro em Roraima (RR), na última segunda-feira (3), apresentou melhoras no seu estado de saúde. Apesar de continuar ligado a aparelhos que auxiliam sua respiração, os medicamentos para o mesmo fim foram retirados, bem como a sedação durante o período da manhã.

A vítima, que atua no escritório do Ibama na Baixada Santista, foi socorrida em estado grave após o desastre aéreo e teve 54% do corpo queimado. Junto com Carvalho, no voo, estavam outras quatro pessoas, todas morreram.

Colegas de trabalho contam que o analista mexeu uma das mãos na manhã desta segunda-feira. Eles são abastecidos de informações, em um grupo de WhatsApp, por pessoas próximas a Carvalho, que estão no Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) do Hospital de Força Aérea do Galeão (HFAG), no Rio de Janeiro, onde a vítima está internada.

O acidente

O avião monomotor Cessna, prefixo PR-MFR, da empresa Paramazônia, caiu no município de Cantá, em Roraima. A aeronave tinha como destino a Terra Indígena Yanomami. Ibama e Exército realizam na região a Operação Curare VIII, de combate a garimpos ilegais, desmatamento e outros ilícitos transfronteiriços.

De acordo com as informações do Ibama, morreram no local, o piloto Marcos Costa Jardim, Olavo Perim Galvão (Ibama-ES), de 35 anos, Sebastião Lima Ferreira Júnior (Ibama-RR), de 50 anos, e Alexandre Rochsinki (Ibama-SC).

O Ministério Público Federal em Roraima (MPF/RR) instaurou procedimento investigatório para apurar as circunstâncias do acidente envolvendo a empresa bem como de eventuais outros acidentes recentes que dizem respeito à prestação de serviços de táxi-aéreo a órgãos e entidades federais.

A Tribuna

 

One thought on “Sobrevivente de acidente aéreo em Roraima apresenta melhora

  • julho 15, 2017 em 12:02 pm
    Permalink

    Por favor, gostaria de receber noticias da evoluçao do quadro de meu amigo Lazlo Macedo!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: