AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Como a tecnologia pode impactar a educação

O ensino está mudando, pois os conhecimentos que o mercado exige são novos. E o SESI e o SENAI já atuam na formação dos profissionais do futuro

O conhecimento é o maior insumo do século 21. É ele que vai determinar o sucesso de um profissional, uma empresa, um setor da economia ou mesmo de um país inteiro. E o maior centro de distribuição de conhecimento continua nas escolas – ainda que elas estejam em transformação e não se pareçam mais com as antigas salas de aula previsíveis do século passado.

Quando o assunto é tecnologia aplicada à educação, o Serviço Social da Indústria (SESI) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) são pioneiros na formação dos profissionais do futuro. As duas entidades colocam os jovens em contato com a tecnologia desde cedo e contribuem com a formação de adultos mais conectados à inovação. Também oferecem atualização para quem já está no mercado e precisa adquirir novas competências.

O SENAI aposta em conteúdos voltados para a indústria 4.0. Entre as iniciativas estão o curso Inspirar, Transformar e Aprender – a Educação para a Indústria Avançada, desenvolvido pelo SENAI Nacional em parceria com a unidade de Santa Catarina e voltado para o corpo docente da rede. Além disso, a instituição vai oferecer quatro cursos que terão foco na exploração do big data e da internet das coisas.

“A educação profissional precisa seguir as inovações tecnológicas e o mapa do emprego industrial. Para isso, acompanhamos as mudanças da indústria, como inteligência artificial, big data, nanotecnologia, indústria aditiva e realidade aumentada”, afirma Rafael Lucchesi, diretor-geral do SENAI e diretor de educação e tecnologia da CNI.

Veja íntegra no site Exame

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: