Educa

Veja as orientações sobre vacinação contra febre amarela em Macapá

O surto de febre amarela que alguns estados brasileiros enfrentam fez com que a procura pela vacina tenha aumentado nas Unidades Básicas de Saúde de Macapá. Apesar do estado do Amapá estar localizado em uma área considerada endêmica e de recomendação para a aplicação da vacina, no momento ela está sendo indicada principalmente para quem irá viajar para áreas consideradas de risco pelo Ministério da Saúde.

A Coordenação Municipal de Imunização afirma que a vacina está disponível em todas as UBS’s. Nas unidades, a dose é rotina para crianças acima de 9 meses e para viajantes de áreas recomendadas, que devem se imunizar em até 10 dias antes da viagem. “Não temos nenhum caso registrado e nem estamos vivendo um surto. Por isso, é importante que a população mantenha calma. Nossa demanda, que na maioria era de crianças, teve um grande aumento de adultos e idosos”, explica a coordenadora de Imunização de Macapá, Jorsette Cantuária.

Quem recebeu a vacina ao longo da vida já será considerado vacinado e não precisa de nova dose. A vacina é contraindicada a gestantes, imunodeprimidos (pessoas com sistema imunológico debilitado) e alérgicos a gema de ovo. Pessoas acima de 60 anos só pode se vacinar com recomendação médica.

As salas de vacina funcionam diariamente das 8h às 17h. Para receber a dose é necessário levar o cartão de vacinação. Viajantes devem levar documento que comprove a viagem e destino.

A febre amarela

É transmitida por meio de vetor (mosquitos dos gêneros Haemagogus e Sabethes no ambiente silvestre). Os principais sintomas são febre e dores intensas na cabeça. De acordo com o Ministério da Saúde, o último caso da doença foi registrado no Brasil em 1942. Todos os casos confirmados desde então decorrem do ciclo silvestre de transmissão. Fonte: Departamento de Atenção Básica/ Ministério da Saúde

Jamile Moreira

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: