Ouça "Notícias da Amazônia ao vivo!" no Spreaker.

China estuda a eliminação do limite de dois mandatos para presidente

O Comitê Central do Partido Comunista da China (PCCh) propôs neste domingo (25) a eliminação do limite de dois mandatos para presidente e vice-presidente do país, uma mudança que, se aprovada, permitiria que o atual mandatário, Xi Jinping, pudesse ser eleito pela terceira vez. A informação é da agência EFE.

Após uma sessão de estudo na qual o próprio presidente participou, o comitê propôs eliminar da Constituição chinesa a citação de que o presidente e o vice-presidente “não servirão mais de dois mandatos consecutivos”.

Além disso, o comitê central do partido propôs outras mudanças na Carta Magna, como agregar uma frase que enfatize a liderança do PCCh. “A direção do Partido Comunista da China é a caraterística definidora do socialismo com caraterísticas chinesas”, aponta a proposta.

Esta reforma constitucional será discutida a partir de hoe (26) em um plenário de três dias de duração, mas não será apresentada aos legisladores para que a votem até março, quando ocorrerá a sessão anual da Assembleia Popular Nacional (Legislativo).

Veja mais na Agência Brasil

Ouça "Notícias da Amazônia ao vivo!" no Spreaker.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: