MPF denuncia 11 brasileiros por promoção do Estado Islâmico no País

Grupo que tentava recrutar jihadistas para lutar na Síria também falava sobre cometer atentados terroristas; jovens e crianças foram recrutados

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou, na manhã desta quinta-feira (17), 11 brasileiros por formação de organização criminosa e por promoção do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) no País.

Essa é a primeira grande denúncia que é feito no Brasil contra suspeitos de integraram o grupo extremista. De acordo com a denúncia, os brasileiros tentaram recrutar jihadistas para lutar a favor do Estado Islâmico na Síria.

Além de reforçar a luta jihadista, os brasileiros recrutados também seriam direcionados pelo grupo a participarem de atentados terroristas no Brasil. A informação a respeito de tal denúncia foi divulgada pelo jornal O Estado de S.Paulo .

Cinco dos 11 denunciados também respondem na Justiça pelo crime de corrupção de menores. Isso porque, entre as pessoas recrutadas por esses integrantes da organização criminosa, estariam jovens e crianças.
A denúncia apresentada pelo MPF se baseia em conversas e trocas de mensagens em aplicativos e redes sociais. Tais mensagens foram interceptadas pela Polícia Federal, e a denúncia é resultado da Operação Átila – mantida em sigilo até março.

Veja mais no Último Segundo

Deixe uma resposta