Educa

Amazônia Legal tem maior número de interdições de rodovias em quatro estados

Nesta segunda-feira, em nove estados da Amazônia Legal, 77 pontos seguiam interditados em rodovias federais e 70 pontos foram liberados após o acordo entre o governo e os caminhoneiros.

 

O levantamento da Polícia Rodoviária Federal apontou que, até as duas da tarde, os estados com maior número de pontos interditados eram Mato Grosso, com 30 bloqueios, Maranhão, com 18, Pará e Tocantins, com 11 interdições cada.

 

Segundo a presidente da Ceasa no Pará, houve uma redução na entrada de caminhões de quase 90%. Ela afirma que a principal preocupação é com os produtos que vêm de fora do estado.

 

No Maranhão, o governo adotou um pacote de medidas para evitar que faltem insumos nos hospitais. Parte de uma carga de 40 toneladas de soro fisiológico que estava no Ceará foi transportada por caminhões da própria Secretaria Estadual de Saúde. Em entrevista à Rádio Timbira, o secretário Carlos Lula diz que o esforço é para evitar a suspensão de cirurgias eletivas nos hospitais maranhenses.

 

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, Acre, Amazonas e Amapá não possuem mais pontos interditados por caminhoneiros. Em Roraima, cinco pontos foram liberados e apenas um segue interditado.

 

Rondônia registrou o maior número de liberações em rodovias federais: são 22 pontos liberados e seis ainda interditados. Uma liminar da Procuradoria-Geral do Estado e a escolta de forças de segurança garantiu, no final de semana, o deslocamento de caminhões-tanque para Porto Velho, Ji-Paraná e cidades que dependem do funcionamento de termelétricas.

EBC

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: