Ouça "Episódio 52 - Notícias da Amazônia ao vivo com Lívia Almeida" no Spreaker.

Combate à corrupção é tema de formação em Macapá

Professores das escolas municipais José Leoves, Roraima e Odete Lopes participaram na segunda-feira, 25, de mais uma etapa do projeto de combate à corrupção do Ministério Público do Amapá (MP/AP), intitulado “MP vai à Escola”. O projeto é desenvolvido em escolas do Município e Estado e proporciona a aplicação de metodologias inclusivas e atuais para trabalhar em sala de aula temas relacionados às práticas corruptivas e os conceitos éticos que os alunos devem considerar a cada prática não correta que tomam.

 

Neste segundo momento, os professores puderam conhecer um pouco da metodologia proposta pelo órgão para tratar o assunto com os alunos, mas o processo de alinhamento metodológico conta também com a participação e adequação que os educadores podem estar atribuindo ao projeto de acordo com a realidade de cada sala de aula e dos alunos que receberão essas atividades.

 

Para a professora Celene Ribeiro, da Escola Odete Lopes e que atende os alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA), a expectativa é de que a formação contribua para o combate à corrupção em todos os setores, começando, principalmente, pela educação desses estudantes. “Espero que possamos aprender recursos que sejam hábeis para sensibilizar nossos alunos nesse sentido, pois, às vezes, falamos ou levamos exemplos que não surtem efeito”, destaca.

 

Os alunos já estão totalmente envolvidos no projeto. O próximo passo prevê que seja produzido um vídeo pelos próprios estudantes sobre o combate à corrupção. Os vídeos serão exibidos em um momento especial, e o melhor, será premiado pelo MP/AP. As três escolas do Município que participam do projeto já tiveram momentos de apresentação, onde o Ministério Público pôde apresentar a proposta para os alunos e conversar com eles, possibilitando um espaço de inclusão e protagonismo, no qual esses estudantes possam construir em parceria um processo democrático de ensino do trabalho. Os alunos alvos deste trabalho são os que integram o 5º ano das escolas e os da EJA.

 

Rafaela Bittencourt

Conheça a coleção da Baiuca do Chico Terra

Publicado por Chico Terra em Sábado, 11 de julho de 2020

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: