61% das pessoas assumem descartar alimentos em condições de consumo

Educa

Falta de criatividade está entre as razões, mesmo que inconscientemente

Tisa Moraes

Pouco conhecimento sobre as propriedades dos alimentos, pouca criatividade para prepará-los e falta de planejamento para dosar o consumo. Estes são alguns dos principais motivos que levam os brasileiros, diariamente, a jogar comida fora.

Segundo pesquisa conduzida pela agência Edelman, a pedido da Unilever, 61% dos brasileiros assumem descartar alimentos que estavam em perfeito estado de consumo. Entre os mais desperdiçados, estão os perecíveis, como saladas, vegetais e frutas.

O hábito é reflexo do fenômeno chamado “cegueira da geladeira”, que faz com que muitas pessoas não “vejam” ou ignorem alguns gêneros alimentícios no refrigerador. É uma prática que acontece, na maioria das vezes, inconscientemente e que, por isso, merece atenção.

O dado, já bastante alarmante, ganha peso ainda maior quando considerada a pouca tradição dos brasileiros em aproveitar todas as partes dos alimentos, como folhas, talos, cascas e sementes – que, geralmente, têm destino certo: o lixo. “Estas são as partes que têm grande valor nutricional, por terem mais fibras, vitaminas e minerais. Elas não precisam ser jogadas fora”, ensina a nutricionista Aline Bataier Maronezi Martins, coordenadora do Programa Mesa Brasil do Sesc de Bauru.

Além de gerar economia no bolso, lidar de maneira mais coerente com os alimentos disponíveis dentro de casa pode proporcionar a descoberta de novos sabores. Neste sentido, a criatividade precisa ser colocada em prática, até mesmo para revitalizar as preparações do dia, como o mais usual arroz, que pode servir como base para um risoto ou uma torta salgada.

Veja mais no JCNet

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: