PF realiza buscas em endereços ligados a Aécio Neves em BH; mãe e primo também são alvos

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (20) a segunda fase da Operação Ross, que investiga suposta propina do grupo J&F ao senador Aécio Neves (PSDB) entre 2007 e 2014. foram expedidos três mandados de busca e apreensão em Belo Horizonte em endereços ligados ao tucano.

Também são alvos da operação desta quinta a mãe de Aécio e o primo Frederico Pacheco. Os mandados foram expedidos pelo Supremo Tribunal Federal após solicitação da PF.

A primeira fase da Operação Ross foi deflagrada no último dia 11 e realizou buscas em endereços de Aécio, de sua irmã, Andrea Neves, e do deputado federal Paulinho da Força (SD).

Veja mais no site da Jovem Pan

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: