Educa

Cerca de 200 pessoas abandonaram as casas após alerta de rompimento de barragem em Nova Lima

Aproximadamente 200 pessoas precisaram abandonar as casas na noite deste sábado, em Minas Gerais, por causa do risco de rompimento de uma barragem de mineração. Elas foram retiradas após a sirene de alerta tocar em comunidade de Nova Lima, município da região metropolitana de Belo Horizonte.

Uma barragem da Mina Mar Azul, de propriedade da mineradora Vale, subiu do nível 1 para 2 de risco no Plano de Ação de Emergência de Barragens após a auditoria contratada pela empresa negar o certificado de estabilidade a estrutura.

A área evacuada abrange 49 edificações, entre casas e comércios na região de Macacos, a 25 quilômetros de Belo Horizonte.

A empresa Vale informou que as pessoas foram acolhidas e registradas no Centro comunitário da região e posteriormente seriam acomodadas em hotéis da cidade.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a barragem da Vale em Nova Lima possui 3 milhões de metros cúbicos de rejeitos e já não recebe mais material da mineração.

A estrutura é uma das 10 barragens que a empresa promete desativar definitivamente.

Esta já é a terceira vez que famílias precisam abandonar casas desde o rompimento da Barragem em Brumadinho.

Comunidades dos municípios mineiros de Barão de Cocais e de Itatiaiuçu tiveram que ser retiradas no último dia 8 de fevereiro após risco de rompimento de duas barragens de mineração, uma da Vale e outra da mineradora Arcelor Mittal.

EBC

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: