Mais de 2,6 milhões de eleitores poderão ter o título cancelado

Educa

Mais de 2,6 milhões eleitores que não compareceram às urnas e nem justificaram a ausência podem ter o título cancelado, caso não regularizem a situação.

O prazo para acertar as contas com a justiça eleitoral vai do dia 7 de março até 6 de maio.


Os nomes e os números dos títulos que precisam ser regularizados já estão disponíveis nos cartórios eleitorais a partir desta quarta-feira (20).

A listagem tem alguns detalhes: constam nela os nomes dos eleitores que não votaram nos três últimos pleitos, sendo que cada turno é considerado uma eleição.
 

Os que não regularizarem a situação dentro do prazo, terão o título de eleitor cancelado entre os dias 17 e 20 de maio.

Durante esse prazo, nenhuma atualização cadastral será realizada.

Elas só serão retomadas a partir do dia 21 de maio, quando os cancelamentos forem concluídos.
 

Os nomes dos eleitores com títulos cancelados devem ser divulgados a partir do dia 24 de maio. 

E é bom ficar ligado: o TSE – Tribunal Superior Eleitoral – não manda e-mail com comunicados de cancelamento e não encaminha links solicitando atualização de dados.

Todas as pendências relativas ao título devem ser buscadas pelo eleitor no site do Tribunal ou no cartório eleitoral.

EBC

Amazônia Brasil Rádio Web ao vivo!

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.