Estados da Amazônia promovem ações pelo Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado em 5 de junho

Educa

Poluição, mudanças climáticas, desastres naturais. Preocupações que remetem como solução a preservação do meio ambiente.

O mês de junho é voltado para ações de conscientização sobre a questão.

Há 47 anos, 5 de junho é celebrado no mundo com Dia do Meio Ambiente.

A partir desta segunda-feira (3), estão previstas ações em vários estados da Amazônia.

Em Cuiabá, no Mato Grosso, começa a Semana Meio Ambiente – Gestão Compartilhada. A ação busca atingir gestores municipais e pretende criar uma agenda positiva, com práticas inovadoras para proteção do meio ambiente.

As atividades incluem mesas redondas, palestras, apresentação de cases de gestão ambiental, oficinas, exposições fotográficas e exposição de atitudes sustentáveis.

Já no Acre, a meta é alcançar os estudantes. Haverá programação durante todo o mês. Nessa segunda-feira, os alunos do Colégio Dom Pedro II, na capital Rio Branco, participaram de atividades como plantio de árvores, palestras de educação ambiental, além de distribuição de mudas arbóreas e frutíferas.

Em Manaus, no Amazona, a Semana do Meio Ambiente “Sarau na Floresta – Minha Escola é Animal” ocorre nas escolas da rede municipal de ensino.

Nesta semana, o ICMBio – Instituto Chico Mendes também realiza atividades em unidades de conservação e centros de pesquisa.

Mil e 500 mudas de árvores serão entregues para as comunidades da Reserva Extrativista Ipaú-Anilzinho, em Belém, no Pará.

Na comunidade Piquiatuba, município paraense de Belterra, estudantes da educação infantil ao 9° ano do ensino fundamental participam de palestras sobre o meio ambiente.

Em Roraima, as florestas nacionais, além das estações ecológicas de Caracaraí, Maracá e Niquiá, e parques nacionais do Monte Roraima, do Viruá e Serra da Mocidade vão realizar atividades de educação ambiental.

A programação completa das unidades de conservação em todo Brasil pode ser conferida no site icmbio.gov.br

Amazônia Brasil Rádio Web ao vivo!

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.