Educa

Rondônia fiscaliza entrada de frutos contaminados

A fiscalização para impedir a entrada de frutos contaminados pelo cancro cítrico em Rondônia foi intensificada na divisa do estado.
O cancro cítrico é uma doença que contamina plantas cítricas, como laranja, limão tahiti e pokan; causando desfolhamento, queda prematura de frutos e a formação de lesões nos vegetais. A única forma de combater a doença é eliminar as plantas contaminadas.

Jessé de Oliveira, gerente de Estadual de Defesa Vegetal do Idaron, Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril de Rondônia, explica que este ano foi identificado um foco de cancro cítrico em uma plantação doméstica.

Jessé de Oliveira explica que a doença chega a Rondônia por meio de mudas ilegais vindas de outros estados.

As frutas cítricas são um grande potencial econômico para o estado e têm sido cultivadas como fonte de renda para pequenos produtores familiares rondonienses.

EBC

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: