Educa

Diligência da CDHM pede investigação mais profunda sobre a morte do cacique Emyra Wajãpi

Macapá, 17/08/2019 – Os deputados Camilo Capiberibe (PSB/AP), vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara, e Joênia Wapichana (Rede/RR), coordenadora da Frente Parlamentar Mista de Defesa dos Povos Indígenas, informaram, em coletiva à imprensa na manhã deste sábado, 17, em Macapá, que vão pedir o aprofundamento das investigações sobre a morte do cacique Emyrá Wajãpi.

Em diligência à aldeia Aramirã, nesta sexta-feira, 16, eles se reuniram com lideranças indígenas, representantes do Ministério Público Federal (MPF), Defensoria Pública da União (DPU), Fundação Nacional do Índio (Funai) e Instituto Iepé.

Ao mesmo tempo em que era divulgado um laudo pericial apontando que a causa-morte do líder indígena teria sido, possivelmente, o afogamento, familiares e lideranças Wajãpi, apresentaram aos membros da Comissão de Direitos Humanos e Minoria da Câmara dos Deputados (CDHM) um vídeo feito no momento em que encontraram o corpo do cacique Emyrá cujas imagens mostram um corte na cabeça, outro ao lado de uma das orelhas, um ferimento abaixo de um dos olhos, cortes nas costas e uma perfuração na genitália da vítima.

Além disso, informaram aos membros da Comissão que foram encontradas uma sandália e tufos de cabelos, entregues à equipe de investigação da Polícia Federal. Eles também relataram que tem visto constantemente a presença de invasores nas suas terras.

Diante do quadro, o deputado Camilo disse que a CDHM produzirá um relatório e solicitará às autoridades competentes o aprofundamento das investigações.

“O nosso objetivo era ouvir. Pelo que foi relatado, o povo indígena está assustado com os invasores. Vamos cobrar segurança na região e é necessário aprofundar as investigações para elucidar esse caso e darmos respostas claras para os familiares, àquele povo indígena, a comunidade brasileira, todos preocupados com a situação”, afirmou Camilo.

Eduardo Neves

Gabinete do deputado federal Camilo Capiberibe (PSB/AP)

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: