Macron diz que há condições para uma reunião entre EUA e Irã

Educa

Países devem debater programa nuclear e fim de sanções

NHK (emissora pública de televisão do Japão) Nova York

O presidente francês, Emmanuel Macron, afirmou que foram criadas – nos bastidores da Assembleia Geral das Nações Unidas em Nova York – as condições para uma reunião de cúpula entre Estados Unidos e Irã. Ele disse que o próximo passo cabe agora aos dois países.

O comentário foi feito após uma reunião entre Macron e o presidente americano, Donald Trump, e seu encontro trilateral com o premiê britânico, Boris Johnson, e o presidente iraniano, Hassan Rouhani, nesta terça-feira (24), em Nova York.

France's President Emmanuel Macron gestures as he speaks to the press after a plenary session at the Bellevue centre in Biarritz, France August 25, 2019. Ludovic Marin/Pool via REUTERS
Emmanuel Macron disse que Estados Unidos e Irã podem se reunir para debater programa nuclear e fim de sanções (Arquivo/REUTERS/Ludovic Marin/pool)
A agenda para uma possível cúpula entre EUA e Irã deve incluir os programas nuclear e de mísseis balísticos iranianos, bem como a suspensão de sanções econômicas impostas pelo governo americano.

EBC

Amazônia Brasil Rádio Web ao vivo!

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.