Volta às aulas: a importância de uma alimentação saudável

Educa

“Sempre que possível deixe a criança participar da aquisição e do preparo das refeições. Tenha em casa uma cesta de frutas coloridas (frutas da época são as mais saudáveis e com valor mais acessível) e evite deixar biscoitos recheados, refrigerantes, salgadinhos de pacote no armário ou na geladeira.”

Após dias de férias, viagens, passeio e descanso é chegada a hora das crianças voltarem para a sala de aula. Os pais já estão preparando os filhos para a nova rotina: acordar e dormir cedo, usar uniforme, fazer as tarefas, alimentar bem e retomar os hábitos saudáveis que muitas vezes são deixados de lado nas férias.

Em todas essas atividades os pais têm papel fundamental para ajudar a estabelecer essa nova rotina. Mas no que se refere a alimentação e mudanças de hábitos saudáveis será que eles estão preparados? A nutricionista clínica funcional do Grupo América que faz parte do Sistema Hapvida, Claudia Dinali, vem dar algumas dicas de como preparar a alimentação das crianças para essa nova rotina, ao mesmo tempo tem orientações para melhor cuidar da saúde.

Veja também:

Dengue ameaça estados do Nordeste, Espírito Santo e Rio

Como a atividade física pode ajudar na prevenção do câncer

“O grande desafio dos pais na volta as aulas é retornar a rotina, estabelecer horários, ter em casa alimentos saudáveis. Para isso é necessário planejamento e organização, fazer lista de compras, pensar nas refeições e ter alimentos que sejam interessantes tanto para o paladar das crianças, quanto para saúde das mesmas”, explica Cláudia Dinali.

A nutricionista do América reforça ainda que a alimentação das crianças deve seguir a estrutura alimentar familiar e esse exemplo é a melhor forma de educar os pequenos. “Sempre que possível deixe a criança participar da aquisição e do preparo das refeições. Tenha em casa uma cesta de frutas coloridas (frutas da época são as mais saudáveis e com valor mais acessível) e evite deixar biscoitos recheados, refrigerantes, salgadinhos de pacote no armário ou na geladeira. Tenha alimentos frescos, faça uma salada colorida e enfeite os pratos usando a criatividade. Um prato saudável é aquele que tem arroz, feijão e carne ocupando metade e, na outra metade, uma salada com legumes coloridos e frescos”.

O sono é outra preocupação dos pais na volta às aulas, pois após uma boa noite de sono a criança está mais disposta, tem uma concentração maior e menos ansiedade. É durante o sono que todos nós recuperamos e produzimos importantes hormônios. A nutricionista Cláudia orienta que “os pais devem organizar a parte noturna de forma que a criança jante ou faça a última refeição duas horas antes de deitar. Também é importante fazer uma higiene do sono, evitar ficar com a tv ligada e celular próximo à cama, pois as luzes azuis de telas de celular e computador atrapalham. Além disso ter um ambiente calmo e tomar um banho para relaxar são dicas para uma noite de sono agradável”.

Lancheira saudável
Diariamente os pais devem preparar as lancheiras para o filho levar uma boa alimentação para a escola. É preciso dedicação do tempo para montar um cardápio e selecionar, comprar e preparar cada alimento.

A dica da nutricionista Cláudia é que uma lancheira saudável deve contemplar:
1 fruta (na forma in natura ou na forma de suco natural) + 1 alimento rico em proteína, como queijo fresco, iogurte natural, leite fermentado, patê de frango + 1 alimento sólido como pão integral, pão de queijo, milho cozido, bolo caseiro, pipoca.

Exemplos:
– 1 fatia de pão integral com patê de frango + 200 ml de água de coco.
– ½ espiga de milho cozido + 1 pedaço de queijo + 1 pera.
– 1 fatia de bolo caseiro + 1 iogurte natural com castanhas trituradas.

Veja mais no site do Jornal Hora Extra

Amazônia Brasil Rádio Web ao vivo!

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.