Ouça "Episódio 35 - Notícias da Amazônia ao vivo com Lívia Almeida" no Spreaker.

Pouco calórico e altamente nutritivo: conheça os benefícios de consumir palmito

Vegetal é rico em fibras alimentares, vitaminas (A, C e do complexo B) e minerais (ferro, cálcio, fósforo, potássio e magnésio)

Está procurando um alimento nutritivo, leve e saboroso para incluir em seu cardápio? Se sim, o palmito pode ser um excelente aliado. O vegetal é rico em fibras alimentares, vitaminas (A, C e do complexo B) e minerais (ferro, cálcio, fósforo, potássio e magnésio).

Em entrevista ao Taeq, a nutricionista Daniella Chein explicou que o palmito é um alimento excelente para o consumo diário. “O palmito contém potássio que auxilia na pressão arterial, nos batimentos cardíacos, evita as cãibras, favorecendo também a perda de peso, sendo uma excelente opção para quem vai iniciar uma dieta de restrição calórica ou já faz uma”. A nutricionista ainda listou seis razões para colocar o palmito em seu cardápio diário. Confira:

Veja também:

No Brasil, 18 mil ocorrências de Roubo de Cargas em 2019, revela pesquisa

Comerciantes do Amapá discordam do bloqueio decretado pelo governo

Conheça as melhores casas de apostas online no Brasil

1 – Favorece o emagrecimento saudável: o palmito possui poucas calorias (cerca de 30 Kcal em 100 g do alimento cru), sendo ideal para compor a dieta de quem deseja perder peso, sem abrir mão de alimentos saborosos.

2 – Fortalece o sistema imunológico: fonte de vitamina C, o palmito se torna um alimento responsável por fortalecer o nosso sistema imune e deixá-lo livre de enfermidades, gripes e resfriados muito comuns nessa época mais fria do ano. Por ser um agente antioxidante, a substância também ajuda a combater o envelhecimento precoce das células.

3 – Proporciona um coração saudável: com o potássio em sua composição, o palmito se torna um aliado perfeito da nossa saúde cardiovascular. O consumo regular do vegetal pode atuar no controle da pressão arterial e dos batimentos cardíacos, além de promover a saúde do músculo.

Via iBahia

O que você pensa sobre este artigo?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: