Coreia do Sul registra 79 novos casos de covid-19

Meta do governo é manter em 50 número diário de novos casos

A Coreia do Sul registrou o seu maior aumento no número de casos de coronavírus em um único dia em aproximadamente dois meses. O total elevado resulta principalmente de um surto relacionado com um centro de logística situado na região metropolitana de Seul.

Em entrevista coletiva à imprensa na manhã desta quinta-feira, autoridades sanitárias informaram que 79 casos foram registrados na quarta-feira. É o número mais elevado desde o início de abril.

Veja também:

Compras com cartões crescem 14,1% no primeiro trimestre, diz Abecs

Prefeitura de Macapá realiza pagamento nesta sexta-feira, 29 de maio

Amapá tem 7.619 casos confirmados, 9.289 em análise laboratorial, 2.933 pessoas recuperadas e 183 óbitos

Além disso, o total é quase o dobro do número registrado no dia anterior. Quarenta novas infecções foram confirmadas na terça-feira, dia antes do qual o total diário de casos estava em torno de 20.

Até o momento, um centro de logística de Bucheon, perto de Seul, é apontado como a origem de 69 casos. Uma concentração de contágios foi identificada segunda-feira no local.

Desde o início de maio, a Coreia do Sul vem adotando uma nova estratégia na crise. Procura possibilitar o retorno à vida normal ao mesmo tempo em que toma medidas para prevenir a propagação do vírus. A meta do governo é manter em 50 ou menos o número diário de novos casos.

É a primeira vez que o número de casos ultrapassa a meta.

NHK

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: