AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Senac Amapá e Ministério Público levam cursos gratuitos para três municípios do Amapá

A previsão é ofertar 100 vagas de qualificação profissional para jovens de baixa renda, assistidos pelo MP/AP

O Sistema Fecomércio AP, por meio do Senac Amapá, firma novo Acordo de Cooperação Técnica, com o Ministério Público do Estado do Amapá, para ofertar turmas com o curso de Operador de Computador gratuitamente. As comunidades de Santana, Itaubal do Piririm e Cutias do Araguari são contempladas com as capacitações que ocorrerão na carreta Senac Móvel de Informática e Gestão.

Para participar das capacitações os candidatos devem passar por um processo seletivo. O município de Santana ofertará duas turmas de Operador de Computador, no turno da manhã e tarde, ambas com 10 vagas. As aulas estão previstas para acontecer no período de fevereiro a maio de 2021.

Para os municípios de Itaubal e Cutias ainda não há previsão de início das aulas. Em cada uma destas cidades serão ofertadas duas turmas com 20 vagas, no horário da manhã e tarde.

De acordo com o presidente do Sistema Fecomércio AP, Eliezir Viterbino, este momento reafirma o compromisso do Senac de levar educação profissional, de forma gratuita, para os jovens de diversos municípios do estado e colaborar para a sua entrada no mercado de trabalho.

“Esse momento destaca mais uma vez aquilo que nós já estamos cumprindo todos os anos graças a essa parceria com o Ministério Público, que é levar capacitação a todos os municípios do estado. Este é o cumprimento do papel social do Senac, de ofertar cursos a pessoas que realmente precisem”, conclui o presidente do Sistema Fecomércio AP, Eliezir Viterbino.

A parceria entre as instituições existe há cinco anos e leva qualificação profissional para as áreas mais afastadas da capital amapaense.

Autoridades

Participaram da cerimônia de assinatura do Acordo de Cooperação Técnica a procuradora-geral de Justiça, Ivana Cei, o presidente da Fecomércio/AP, Eliezir Viterbino, a secretária-geral do Sistema Fecomércio, Cleia Oliveira, o diretor regional do Senac Amapá, José Iguarassu, o chefe de gabinete da PGJ, João Paulo Furlan, o Promotor de Defesa do Consumidor, Luiz Marcos, o Promotor da Auditoria Militar, Jander Vilhena e o assessor técnico, José Villas Boas.

Andréa Maciel – Ascom Senac AP

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: