Rebeca Andrade fatura ouro na Copa do Mundo de Ginástica Artística

Zanetti conquista prata nas argolas, e Lorrane bronze nas assimétricas

A paulista Rebeca Andrade, de 22 anos, já classificada para a Olimpíada de Tóquio (Japão), conquistou a medalha de ouro nas barras assimétricas nesta sexta-feira (25), primeiro dia de finais da etapa Doha (Catar) da Copa do Mundo de Ginástica Artística. A atleta liderou o pódio com 14.500 pontos, passando a ucraniana Anastasilia Bachynska, com 13.433,que ficou com a prata. A carioca Lorrane Oliveira, de 23 anos, foi a terceira melhor (13.400) e levou o bronze. As finais da Copa do Mundo seguem neste sábado (26).

Outro brasileiro que subiu ao pódio hoje foi Arthur Zanetti, campeão olímpico nos Jogos de Londres (2012) e prata na Rio 2016. O paulista, de 31 anos, conquistou a prata (14.933), na primeira competição dele desde março do ano passado. Zanetti ficou atrás apenas do atual campeão olímpico, o grego Eleftherios Petrounias que garantiu o ouro (15.133), passando à liderança do ranking mundial, o que lhe garantiu a vaga olímpica nesta sexta (25).

Natural de Volta Redonda (RJ), Caio Souza, de 27 anos, também disputou a prova das argolas: ficou em quinto lugar (14.566). Ele é um dos cotados para compor a equipe masculina que vai representar o país em Tóquio 2020, assim como Zanetti, Arthur Nory, Caio Souza, Chico Barreto e Diogo Soares. A Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) anunciará os convocados no final de julho.

O Brasil tem garantidas as vagas de Flávia Saraiva e Rebeca Andrade no individual. A equipe masculina estará em Tóquio com quatro atletas e um ginasta no individual masculino.

EBC

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: