Enchente atinge pelo menos 100 casas em Ouro Preto

Trinta famílias foram removidas de áreas de risco

Pelo menos 100 casas foram afetadas pela chuva que atingiu ontem (19) a cidade histórica mineira de Ouro Preto. Segundo a prefeitura, até ontem 30 famílias já haviam sido removidas de áreas de risco e abrigadas em casa de familiares próximos ou na Escola Major Raimundo Felicíssimo.

A prefeitura de Ouro Preto informou que, após os trabalhos de remoção e abrigo conduzidos pelas equipes da Defesa Social e Secretaria de Obras do município, foi iniciada a limpeza de ruas e casas.

Também tiveram início o mapeamento dos danos causados nas residências e o suporte aos atingidos. Um plano estratégico está sendo elaborado para amenizar os problemas causados pelo mau tempo, em especial nas casas construídas próximas ao nível do rio Maracujá.

Veja também:
PF no Amapá cumpre 73 mandados em ação contra tráfico internacional de drogas em nove estados brasileiros
Acadêmicos, empresários e pesquisadores debatem sobre ensino e profissionalização da engenharia
Senado aprova criação de auxílio para compra de gás de cozinha

Solidariedade
Em nota, a prefeitura destacou a “rede de solidariedade” que se formou diante do ocorrido, contando com a ajuda de municípios vizinhos, empresas, comunidade e igreja.

Psicólogos e assistentes sociais foram acionados para dar suporte e cadastrar as pessoas atingidas pela enchente. A mesma nota reforça a importância de doações para minimizar os efeitos imediatos causados pela enchente.

As doações já estão sendo recebidas na Escola Major Raimundo Felicíssimo e em outros pontos de coleta, como o Centro de Atenção Integral à Criança e ao Adolescente (Caic), em Cachoeira do Campo; na Casa de Gonzaga, onde fica a Secretaria de Turismo, Indústria e Comércio de Ouro Preto; e no Fórum de Ouro Preto.

“Doações em dinheiro podem ser feitas via PIX, no número 31985914602, em nome da Sandra Aparecida da Silva”, informou, em nota, a prefeitura de Ouro Preto.

EBC

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: