Cartão auxilio-alimentação para pessoas LGBTQIA+ em vulnerabilidade social; Lista de beneficiários é divulgada

Apenas pessoas cadastradas no CadÚnico que atenderam aos critérios necessários receberão o benefício neste primeiro momento.

Em ação conjunta da Secretaria Municipal de Direitos Humanos (Semdh) e Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), através da Coordenadoria Municipal de Políticas de Diversidade. Ao todo, foram 22 pessoas LGBTQIA+ cadastradas no CadÚnico, que estão em situação de vulnerabilidade social, e serão atendidas com o cartão de auxilio-alimentação.

LISTA DE BENEFICIARIOS APTOS

O benefício estará disponível em breve e faz parte das atividades continuadas da campanha ‘Macapá Contra a LGBTfobia’ – lançada em maio pela Prefeitura, em alusão à data nacional de combate à violência como o público.

A contemplação das pessoas LGBTQIA+, aptas ao benefício, aconteceu de acordo com a análise feita pelo Ministério Público, atendendo os critérios necessários para a seleção, através do Cadastro Único (CadÚnico) feito durante as ações realizadas na campanha contra LGBTfobia.

“É de extrema importância garantir dignidade à população LGBTQIA+, pois muitos deles e, principalmente, os selecionados, estiveram passando momentos de muita dificuldade em decorrência da pandemia, inclusive em situação de vulnerabilidade social. Os benefícios eventuais oferecidos pelo CadÚnico são direitos do cidadão e a inclusão da população nestes programas é a garantia disso”, destacou o coordenador da Coordenadoria Municipal de Políticas de Diversidade (Copdi), Edem Jardim.

Veja também:
PF no Amapá cumpre 73 mandados em ação contra tráfico internacional de drogas em nove estados brasileiros
Acadêmicos, empresários e pesquisadores debatem sobre ensino e profissionalização da engenharia
Senado aprova criação de auxílio para compra de gás de cozinha

Campanha contra LGBTfobia
Desde maio, a campanha tem beneficiado a população LGBTQIA+ com os serviços essenciais de assistência e saúde. No início foram mais de 70 pessoas cadastradas no CadÚnico e, com o decorrer das ações, os benefícios eventuais foram sendo entregues aos selecionados. Dentre os serviços ofertados: vale-gás e cestas-básicas foram entregues à população LGBTQIA+, além de ações de saúde e transmissões ao vivo com rodas de conversa em datas alusivas às lutas da comunidade.

Para adquirir o e-book "Fotografia da Amazônia" basta contactar o fotógrafo pelo WhatsApp no (96) 3333-4579. A coletânea está no valor de R$ 30.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: